Navigation path

Left navigation

Additional tools

Other available languages: EN FR DE ES EL PL SL BG RO

IP/08/354

Bruxelas, 29 de Fevereiro de 2008

A rede informática europeia GÉANT, a mais rápida do mundo, planetariza-se

A maior rede informática multi-gigabit do mundo dedicada à investigação e ao ensino, a europeia GÉANT, está a ligar-se a redes semelhantes de todo o planeta para criar uma rede mundial única de investigação. Na Europa, a GÉANT liga já investigadores de Reiquiavique a Vladivostoque, servindo cerca de 30 milhões de utilizadores em mais de 3500 universidades e centros de investigação e unindo 34 redes nacionais de investigação. Vão ser agora estabelecidas ligações de elevado débito com infra-estruturas de rede de investigação emergentes nas regiões dos Balcãs, do Mar Negro e do Mediterrâneo, assim como na Ásia, na África Meridional e na América Latina. Na Europa, a GÉANT tem possibilitado uma colaboração pioneira para a investigação em domínios como as alterações climáticas, a radioastronomia e a biotecnologia.

“Com a gigantesca capacidade de processamento de dados da GÉANT, a Europa pode agora congregar as melhores mentes do mundo para responder aos desafios que todos enfrentamos. O investimento financeiro da Europa numa rede de base de elevado débito para investigação – cerca de 23 milhões de euros por ano – beneficia a competitividade do continente, mas está também a impulsionar a colaboração entre investigadores à escala mundial", afirmou Viviane Reding, Comissária da UE para a Sociedade da Informação e os Média. "Com um investimento suplementar de 90 milhões de euros até 2012 na GÉANT de 3.ª geração, a UE demonstra o seu empenho em se manter na vanguarda da evolução da Internet e em tornar a cooperação científica um processo simples e sem descontinuidades.”

A GÉANT foi lançada em 2000 como iniciativa co-financiada, para o aperfeiçoamento da infra-estrutura europeia de investigação e ensino, com um total de 200 milhões de euros. Passou depois por melhoramentos sucessivos, para se tornar um líder mundial e aumentar o poder de atracção da Europa como sede de trabalhos de investigação (IP/04/1058 e IP/05/722).

Possibilita enormes avanços tecnológicos para actividades de "grande ciência", como o EXPReS, um projecto de radioastronomia da União Europeia no âmbito do qual os maiores radiotelescópios do mundo, na China, na Europa, na África do Sul e no Chile, são ligados a um supercomputador instalado nos Países Baixos que produz imagens em tempo real, o que só é possível graças ao fluxo gigantesco de dados através da GÉANT.

A rede presta igualmente apoio, em termos de comunicações mundiais, ao grande acelerador de hadrões (LHC) no CERN, a maior experiência científica jamais empreendida. Com início previsto para este ano, depende de ligações de elevado débito no mundo inteiro para a transmissão de dados, sem descontinuidades e em quantidades inéditas (15 milhões de gigabytes/ano), a 5000 cientistas que trabalham em 500 institutos de todo o planeta.

A nível mundial, a Comissão anunciou recentemente um financiamento de 12 milhões de euros para a TEIN3 (Trans-Eurasia Information Network – cf. IP/08/269), uma rede Ásia-Pacífico de grande dimensão, assim como ligações de elevado débito da GÉANT para a UbuntuNet Alliance em África e para a URAN (rede ucraniana académica e de investigação). O projecto Black Sea Interconnection (BSI), uma outra iniciativa financiada pela UE para ligar os países do Mar Negro e do Cáucaso Meridional à GÉANT, vai ser lançado a 1 de Março, em coordenação com a rede nacional turca de investigação e ensino.

A 3 de Março, a Comissária Viviane Reding assistirá ao evento Global Leader em Bled, na Eslovénia, no âmbito do qual serão passados em revista os resultados da GÉANT e o seu papel como centro de interligação mundial das actividades de investigação.

Antecedentes:

A GÉANT é uma rede de base pan-europeia avançada que liga as redes nacionais de investigação e ensino de toda a Europa (NREN), numa extensão total de mais de 50 000 km. Proporciona uma cobertura geográfica sem par, com grande largura de banda e tecnologia inovadora de ligação híbrida em rede. Aos académicos e investigadores europeus, oferece ligação privada e de elevado débito, em rede, a outros centros de investigação.

O contributo actual da Comissão Europeia para a GÉANT é financiado pelo 6.º Programa-Quadro (2002-2006), no montante de 93 milhões de euros ao longo de 58 meses. O restante é co-financiado pelos países participantes. Os parceiros do projecto são as NREN, a associação para a rede transeuropeia de investigação e ensino (TERENA) e a DANTE, que gere e opera a rede GÉANT em nome das NREN.

O dossier de imprensa GÉANT Press Pack pode ser consultado no seguinte endereço:

http://ec.europa.eu/information_society/newsroom/cf/itemlongdetail.cfm?item_id=3915

Consultar também MEMO/08/133

[ Os quadros e gràficos estatõ disponíveis em PDF e WORD PROCESSED ]


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website