Percurso de navegação

Espaço


Muitos aspetos da nossa sociedade - desde as telecomunicações à televisão, passando pelas previsões meteorológicas e pelos sistemas financeiros - dependem de sistemas espaciais ou de tecnologias relacionadas com o espaço.

Contudo, a escala dos projetos espaciais impede que sejam levados a cabo a nível nacional. Assim, os países europeus reuniram os seus recursos tecnológicos e financeiros para levar por diante a política espacial através da Comissão Europeia, em cooperação com a Agência Espacial Europeia English (uma agência intergovernamental que conta com 20 países europeus).

A política espacial europeia assenta em três grandes vertentes:

  • o sistema de observação da Terra Copernicus e os sistemas de navegação por satélite Galileo/EGNOS 
  • a exploração espacial
  • o apoio às empresas europeias que pretendem investir-se na indústria espacial

Copernicus - monitorização do ambiente

Copernicus English (en) é um conjunto de sistemas complexos que recolhem dados sobre a Terra por intermédio de satélites e sensores situados na superfície terrestre, no céu e no mar que permitem aos responsáveis políticos, às empresas e aos cidadãos obter informações atualizadas e fidedignas sobre a forma como o planeta e o clima estão a evoluir.

Artist’s image of the Sentinel-2 satellite above the Earth

O satélite Sentinel-2, financiado no âmbito da iniciativa Copernicus, fornecerá imagens em alta resolução da vegetação, do solo, das águas de superfície, das vias navegáveis interiores e das zonas costeiras.

Estas informações são utilizadas para muitos fins, entre os quais:

  • planeamento urbano
  • proteção da natureza
  • agricultura e silvicultura
  • saúde
  • gestão de situações de emergência
  • transportes
  • turismo

O Copernicus é coordenado e gerido pela Comissão Europeia. As infraestruturas de satélite são da responsabilidade da Agência Espacial Europeia English, enquanto os sensores são desenvolvidos pela Agência Europeia do Ambiente e pelos países da UE.

Galileo - serviço de posicionamento global

Galileo English (en) é o programa europeu que visa instaurar um sistema mundial de navegação por satélite (GNSS). Ao contrário dos seus homólogos americano e russo, o Galileo está, e continuará a estar, sob controlo civil.

The Earth surrounded by orbiting satellites © ESA–J. Huart

O sistema europeu de navegação por satélite - Galileo - fornece dados de posicionamento global para fins não militares.

Quando estiver inteiramente operacional, 30 satélites (incluindo 6 satélites de substituição) fornecerão dados de posicionamento global de alta precisão para fins civis em toda a Europa. A tecnologia de ponta utilizada e a sua interoperabilidade com outros sistemas de navegação por satélite permitirão um posicionamento muito mais preciso do que qualquer outro sistema atual.

Em 2013, o programa Galileo atingiu um macro importante quando, pela primeira vez, foi possível determinar uma posição através exclusivamente de sinais Galileo. Graças à utilização de mais satélites, Galileo começará brevemente a prestar os primeiros serviços, provavelmente no início de 2015.

As potenciais aplicações English (en) do Galileo são muitas e variadas:

  • gestão do trânsito e dos transportes
  • operações de salvamento
  • atividade agrícola, produção agrícola, agricultura
  • proteção civil
  • validação cronológica e sincronização

Prevê-se um retorno dos investimentos da UE no GALILEO em termos de novas oportunidades de mercado e de emprego no setor dos recetores de sinais de satélite e das aplicações baseadas em satélites.

São parceiros do programa Galileu:

  • a Comissão Europeia — gere e financia integralmente a fase que precede a plena capacidade operacional
  • a Agência Espacial Europeia English - responsável pela conceção, desenvolvimento, contratos públicos e validação. A ESA cofinanciou as fases de definição, de desenvolvimento e de validação em órbita do programa Galileo
  • a Agência do GNSS Europeu English (GSA) - responsável pela exploração quando o sistema estiver concluído

EGNOS - sistema de otimização da navegação por satélite

O Serviço Europeu Complementar de Navegação Geoestacionário English (en) (EGNOS) aumenta a qualidade dos sistemas de navegação por satélite já existentes, como o sistema GPS americano, melhorando a respetiva precisão de 10 para 2metros aproximadamente. Envia também alertas, em caso de falha do sistema.

Em 2014, foi lançado a partir da base de lançamento de Kourou English um satélite de substituição que garante a continuidade do serviço EGNOS para os próximos 12 anos, confirmando a aposta da Europa em sistemas de navegação por satélite de alta qualidade.

Exploração espacial

A exploração espacial é um motor de inovação, desenvolvimento tecnológico e conhecimento científico. Mas dado que a maioria dos países não tem capacidade para levar a cabo isoladamente programas nesta área, a cooperação internacional torna-se indispensável.

Esta a razão pela qual a Comissão Europeia participa ativamente, em nome de todos os países da UE, nos debates internacionais sobre cooperação na exploração espacial, em especial, com parceiros estratégicos como os EUA, a Rússia e a China.

Investigação

Os projetos de investigação espacial financiados pela UE visam reforçar a competitividade da Europa na indústria e na ciência. Parte desse financiamento provém do programa-quadro de investigação da UE Horizonte 2020 English Este apoio é essencial para o desenvolvimento do sector espacial e destina-se, em especial, a:

  • encorajar os investigadores tanto do setor público como privado a intensificarem os esforçose o investimento no setor espacial
  • promover uma indústria espacial competitiva (incluindo fabricantes, prestadores de serviços e operadores)
  • disponibilizar os serviços e as infraestruturas que são necessários para desenvolver e explorar novas tecnologias

Topo

Empresas

Publicado em março de 2013

Esta brochura faz parte da coleção «Compreender melhor a UE»


Topo


Vídeos


CONTACTO

Pedidos de informação

Telefone gratuitamente para o
00 800 6 7 8 9 10 11 Funcionamento do serviço telefónico

Envie as suas perguntas por correio electrónico

Contactos e informações sobre as visitas às instituições, contactos com a imprensa

Domínios de intervenção relacionados

Ajude-nos a melhorar

Encontrou a informação que procurava?

SimNão

O que procurava?

Tem alguma sugestão?