You are here:

Empresas

A UE tem por objetivo promover a competitividade da indústria e das empresas europeias e fomentar o emprego e o crescimento económico, mediante a criação de um enquadramento favorável às empresas, nomeadamente às PME e às indústrias transformadoras.

A indústria é fundamental para a recuperação económica

A chave para a recuperação económica na Europa reside na competitividade industrial, na inovação e no empreendedorismo.

Com a globalização e a concorrência mais forte dos países emergentes, a prosperidade económica a longo prazo da Europa dependerá da solidez da sua base industrial e não apenas dos setores dos serviços e da banca.

Objetivos para 2020 no plano de indústria e inovação europeias:

  • reforçar a base industrial e promover a transição para uma economia hipocarbónica
  • promover a inovação como meio de criar novas fontes de crescimento
  • incentivar as PME e promover uma cultura empresarial
  • assegurar um mercado de bens à escala da UE
  • contribuir para a presença europeia no espaço

As PME e o empreendedorismo

Na UE, os 23 milhões de pequenas e médias empresas (PME):

  • representam 99 % do total das empresas
  • 67 % dos postos de trabalho
  • são responsáveis pela criação de 85 % de todos os novos postos de trabalho

A política da UE visa melhorar o enquadramento das empresas, promover um clima favorável ao empreendedorismo e à criação de emprego e facilitar o acesso das pequenas empresas ao financiamento e aos mercados Traduções da ligação anterior   English (en) .

A Europa tem potencial de empreendedorismo por explorar. Apesar de 38 % dos europeus afirmarem que gostariam de ter o seu próprio negócio, apenas 10 % trabalham por conta própria. A UE esforça-se por aumentar essa percentagem para criar emprego e rejuvenescer a base económica.

Um mercado de bens à escala da UE

A UE tem como objetivo eliminar os entraves ao comércio que ainda perduram e evitar a criação de novos obstáculos, através da promoção de um mercado europeu favorável às empresas e aos consumidores, assente em regras e normas transparentes, simples e coerentes. O mercado único europeu deve ser uma plataforma de lançamento para as empresas e a indústria, a fim de que estas se possam afirmar na economia mundial.