RSS
Índice remissivo
Esta página está disponível em 14 idiomas
Novos idiomas disponíveis:  CS - HU - PL - RO

We are migrating the content of this website during the first semester of 2014 into the new EUR-Lex web-portal. We apologise if some content is out of date before the migration. We will publish all updates and corrections in the new version of the portal.

Do you have any questions? Contact us.


Programa de acção "Informação e prevenção em matéria de droga" (2007-2013)

A União Europeia (UE) estabelece o programa «Informação e prevenção em matéria de droga», que abrange o período de 1 de janeiro de 2007 a 31 de dezembro de 2013. Este projeto inscreve-se no âmbito do programa geral «Direitos fundamentais e justiça» e destina-se a apoiar projetos destinados a prevenir o consumo de droga.

ATO

Decisão n.º 1150/2007/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de setembro de 2007, que cria, para o período de 2007 a 2013, o programa específico «Informação e prevenção em matéria de droga» no âmbito do programa geral «Direitos fundamentais e justiça».

SÍNTESE

A taxa de mortalidade ligada à toxicodependência é elevada na Europa. É indispensável medir as consequências da droga – imediatas e a longo prazo – para a saúde e o desenvolvimento social e psicológico, bem como para a igualdade de oportunidades dos indivíduos em causa.

O programa «Informação e prevenção em matéria de droga» criado pela União Europeia (UE) tem três objetivos:

  • prevenir e reduzir a utilização de drogas, a toxicodependência e os riscos inerentes;
  • melhorar a informação sobre o consumo de droga;
  • apoiar a aplicação correta da estratégia antidroga na UE.

Para este efeito, o programa apoia ações transnacionais destinadas a:

  • criar redes pluridisciplinares;
  • garantir o desenvolvimento de uma base de conhecimento, bem como a partilha de informações e de boas práticas;
  • sensibilizar o público para os problemas sanitários e sociais relacionados com o consumo de droga;
  • prevenir o consumo de droga.

Âmbito de aplicação

As ações financiadas pelo programa são:

  • as ações da Comissão (trabalhos de investigação, sondagens, conferências, campanhas, manifestações públicas, atividades de análises, criação de sítios Web, etc.);
  • os projetos transnacionais de interesse europeu apresentados por Estados-Membros ou países candidatos à adesão à UE;
  • as atividades de organizações não governamentais ou de outras entidades que tenham objetivos de interesse geral europeu.

As ações promovidas são abertas a organismos, públicos ou privados, ativos em matéria de prevenção e informação sobre o consumo de droga.

O programa dirige-se a todos os grupos de pessoas a que o consumo de droga diz respeito, mas destina-se mais concretamente aos grupos de risco, como os jovens, as mulheres, os grupos vulneráveis e as pessoas que vivem em bairros desfavorecidos.

Os outros grupos visados incluem os professores e os educadores, os pais, os assistentes sociais, as autoridades locais e nacionais, o pessoal médico e paramédico, o pessoal dos tribunais, as autoridades policiais e prisionais, as organizações não governamentais, os sindicatos e as comunidades religiosas.

Financiamento

O orçamento para 2007-2013 é de 21,35 milhões de euros. As subvenções são concedidas pela Comissão na sequência de convites à apresentação de propostas. Existem diversos critérios de atribuição:

  • a ação proposta é compatível com o programa de trabalho anual;
  • os resultados previstos são compatíveis com os objetivos fixados pelo programa;
  • o montante solicitado é proporcional aos resultados esperados;
  • as ações têm impacto sobre o público e também incidência geográfica e social;
  • os cidadãos participam nas estruturas.

Contexto

As iniciativas tomadas pela UE em matéria de luta contra a droga são múltiplas. Para além da estratégia de luta contra a droga criada para o período 2005-2012, foi adotado um plano de ação para transformar a estratégia em ações concretas.

O programa «Informação e prevenção em matéria de droga» inscreve-se no âmbito do programa geral «Direitos fundamentais e justiça» 2007-2013 que visa promover a liberdade, a segurança e a justiça na UE. Este programa inclui igualmente os programas específicos «Justiça Penal», «Justiça Civil», «Direitos fundamentais e cidadania» e o programa Daphne III para o combate à violência.

REFERÊNCIAS

AtoEntrada em vigorPrazo de transposição nos Estados-MembrosJornal Oficial

Decisão 1150/2007/CE

23.10.2007

-

JO L 257, 3.10.2007

ATOS RELACIONADOS

Relatório da Comissão ao Conselho e ao Parlamento Europeu, de 5 de maio de 2011 - Relatório de avaliação intercalar do Programa de Informação e Prevenção em matéria de Droga (PIPD) 2007-2013 [COM(2011) 246 final - Não publicado no Jornal Oficial].
A avaliação do programa mostra que se registaram bons resultados nos primeiros três anos de execução e que vários objetivos foram alcançados. No entanto, a Comissão lamenta o orçamento insuficiente de que dispõe o programa, o que o impede de ter um verdadeiro efeito à escala europeia. Por conseguinte, propõe aumentar os recursos financeiros do programa, privilegiar os projetos de dimensão europeia, simplificar os processos administrativos e melhorar a difusão dos resultados obtidos.

A presente ficha de síntese é divulgada a título de informação. Não tem por objectivo interpretar ou substituir o documento de referência, que é a única base jurídica vinculativa.

Última modificação: 07.11.2011

Veja também

Advertência jurídica | Sobre este sítio | Pesquisa | Contacto | Topo da página