RSS
Índice remissivo
Esta página está disponível em 15 idiomas
Novos idiomas disponíveis:  CS - HU - PL - RO

We are migrating the content of this website during the first semester of 2014 into the new EUR-Lex web-portal. We apologise if some content is out of date before the migration. We will publish all updates and corrections in the new version of the portal.

Do you have any questions? Contact us.


Procedimentos de informação: normas, regulamentações técnicas e regras dos serviços da sociedade da informação

A presente directiva pretende eliminar ou reduzir os entraves à livre circulação de mercadorias que podem resultar da adopção de regulamentações nacionais técnicas diferentes, favorecendo a transparência das iniciativas nacionais relativamente à Comissão Europeia, aos organismos europeus de normalização e aos outros Estados-Membros.

ACTO

Directiva 98/34/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 22 de Junho de 1998, relativa a um procedimento de informação no domínio das normas e regulamentações técnicas [Ver Actos Modificativos].

SÍNTESE

A Directiva 98/34/CE codifica e, a este título, revoga a Directiva 83/189/CEE. Nela se prevêem dois procedimentos de informação, um no domínio das normas (especificações técnicas voluntárias) e outro no das regulamentações técnicas (especificações técnicas obrigatórias) relativas aos produtos industriais, agrícolas e da pesca.

Procedimento de informação no domínio das normas

Cada organismo nacional de normalização informa a Comissão e todos os outros organismos de normalização europeus e nacionais, especificados nos anexos da directiva, dos seus projectos de normas ou de alterações de normas existentes. A Comissão pode pedir que lhe sejam igualmente comunicados os programas nacionais de normalização, que serão, deste modo, colocados à disposição dos outros Estados-Membros.

A Comissão e os outros organismos de normalização podem fazer comentários aos projectos de normas. Neste caso, serão informados do seguimento dado aos mesmos. Além disso, os organismos nacionais de normalização terão a possibilidade de participar nos trabalhos de normalização dos outros Estados-Membros.

O procedimento de informação não se aplica aos projectos de normas nacionais de transposição de uma norma internacional ou europeia.

Procedimento de informação no domínio das regras técnicas

Cada Estado-Membro notifica à Comissão os seus projectos de regras técnicas ou de alterações de regras técnicas, as razões que os justificam e, eventualmente, o texto das disposições legislativas e regulamentares de base afectados pelo projecto de regulamentação. Sempre que o projecto limite a comercialização ou a utilização de uma substância química por motivos de saúde pública, de defesa dos consumidores ou ambientais, devem também ser apresentadas precisões sobre as características, os efeitos e os riscos do produto.
A Comissão informará, de seguida, todos os outros Estados-Membros do projecto notificado. Os seus comentários serão tidos em conta na medida do possível no texto definitivo da regra técnica.

Para permitir uma reacção por parte da Comissão e dos outros Estados-Membros, os Estados-Membros devem esperar três meses, a partir da notificação, antes de adoptar qualquer projecto de regra técnica. O período de status quo aumenta para 4 meses no caso dos projectos que revistam a forma de um acordo voluntário e para 6 meses no caso de qualquer outro projecto relativamente ao qual os Estados-Membros e/ou a Comissão emitam um parecer circunstanciado no qual se indique que o projecto poderá entravar a livre circulação de mercadorias.
Além disso, se a Comissão desejar propor ou adoptar um acto legislativo aplicável ao mesmo domínio, ou se o projecto incidir numa matéria já abrangida por uma proposta da Comissão, o Estado-Membro em questão deve adiar a adopção do projecto por doze meses. Se, no decorrer desse prazo, o Conselho adoptar uma posição comum, o período de status quo é prorrogado por seis meses (dezoito meses no total).

O procedimento de notificação não se aplica às regras técnicas que transpõem integralmente uma norma internacional ou europeia - neste caso, basta uma simples informação à Comissão - nem às regras nacionais de conformização com as especificações técnicas comunitárias ou com outras disposições de direito comunitário.

Comités

A directiva institui um comité permanente composto por representantes dos Estados-Membros e presidido por um representante da Comissão. Este comité é consultado pela Comissão acerca de:

  • Relatórios bianuais relativos à aplicação da directiva e propostas que visam eliminar os entraves técnicos às trocas comerciais: neste caso, o comité pode recomendar, entre outras coisas, a elaboração de uma norma europeia pelos organismos europeus de normalização ou a harmonização comunitária de determinado sector.
  • Alteração das listas dos organismos de normalização europeus e dos organismos de normalização nacionais que constam dos Anexos I e II da directiva.
  • Regras de apresentação das normas e dos programas de normalização que os organismos nacionais de normalização devem respeitar no âmbito do procedimento de informação relativo às normas.
  • Alteração dos procedimentos estabelecidos pela directiva, etc.

Por outro lado, o comité pode ser consultado pela Comissão acerca de projectos de regras técnicas notificados pelos Estados-Membros e, a pedido do presidente do comité ou de um Estado-Membro, acerca de qualquer outra questão relativa à aplicação da directiva.

Em princípio, os trabalhos do comité são confidenciais, mas é possível solicitar, com as devidas precauções, a participação de peritos do sector privado.

REFERÊNCIAS

ActoEntrada em vigorTransposição nos Estados-MembrosJornal Oficial
Directiva 98/34/CE10.8.1998-JO L 204 de 21.7.1998
Acto(s) modificativo(s)Entrada em vigorTransposição nos Estados-MembrosJornal Oficial
Directiva 98/48/CE5.8.19985.8.1999JO L 217 de 5.8.1998

As sucessivas alterações e correcções da directiva 98/34/CE foram integradas no texto de base. A versão consolidada  apenas tem valor documental.

Última modificação: 01.07.2011

Veja também

  • Direcção-Geral das Empresas e da Indústria – procedimento de notificação (EN)
Advertência jurídica | Sobre este sítio | Pesquisa | Contacto | Topo da página