RSS
Índice remissivo

Glossário

Estratégia de pré-adesão

A estratégia de pré-adesão oferece um «diálogo estruturado» entre os países candidatos e as instituições da União Europeia ao longo de todo o processo de adesão, fornecendo ao conjunto dos actores o quadro e os instrumentos necessários. Esta estratégia é definida para cada país candidato, que é avaliado segundo os seus próprios méritos.

A estratégia de pré-adesão surge na sequência do Conselho Europeu do Luxemburgo (Dezembro de 1997) durante o qual tinha sido lançada uma estratégia reforçada de pré-adesão para os dez candidatos da Europa Central e Oriental, que se baseia essencialmente:

  • Nos acordos bilaterais.
  • Nas parcerias para a adesão e nos programas nacionais para a adopção do acervo.
  • Na participação nos programas, agências e comités comunitários.
  • No diálogo político.
  • Na avaliação da Comissão («monitoring»).
  • Na assistência de pré-adesão.
  • No co-financiamento por instituições financeiras internacionais (IFI).

Além destes instrumentos principais, a estratégia de pré-adesão pode prever instrumentos suplementares para cada candidato tendo em conta as suas próprias especificidades.

Ver:

Advertência jurídica | Sobre este sítio | Pesquisa | Contacto | Topo da página