Language selector

Escolher a versão de alto contrasteVisualizar com tamanho de letra normalAumentar o tamanho da letra

Esta página está disponível em 24 línguas

Foi aprovado num concurso. E a seguir?


Listas de reserva

No final de cada concurso, o Serviço Europeu de Selecção do Pessoal (EPSO) fornece às instituições da UE uma lista de candidatos aprovados e os respectivos CV em formato electrónico . O papel do EPSO no que respeita ao recrutamento de candidatos pelas instituições termina aqui. Ao mesmo tempo, o EPSO fixa um contingente para cada instituição, ou seja, estabelece o número de candidatos aprovados e inscritos na lista, que podem ser recrutados por cada instituição com base nas exigências por elas manifestadas antes da publicação do concurso e no número de candidatos aprovados disponíveis. Regra geral, o contingente é aplicado por um ano a contar da publicação da lista de reserva. A partir de então, as instituições são livres de recrutar sem restrições.

Como sugere o próprio nome, as listas de reserva representam uma lista conjunta de potenciais novos funcionários que habitualmente tem uma validade de dois ou três anos depois do concurso. O EPSO tem a possibilidade de prorrogar a validade da lista com base nas necessidades das instituições. Nesse caso, os candidatos aprovados receberão uma comunicação por parte do EPSO. Pode decorrer muito tempo antes que os candidatos presentes na lista sejam chamados a participar numa entrevista. É de notar que o facto de figurar numa lista de reserva não garante o recrutamento pelas instituições.

Topo da página

«Flagging» (aposição de uma bandeira)

Cada instituição tem acesso a uma ferramenta interna para consultar as listas de reserva. Por um período de cerca de um mês após o final do concurso, as instituições analisam as suas necessidades de recrutamento com base nos perfis profissionais procurados e noutros requisitos específicos dos postos a preencher. As instituições examinam os perfis dos candidatos que figuram na lista de reserva a fim de identificar os candidatos que respondem melhor às suas exigências em termos de competências linguísticas, experiência profissional, habilitações académicas, etc. Este processo é conhecido como flagging (aposição de uma bandeira), dado que depois de terem identificado o candidato que responde às suas exigências, as instituições manifestam o seu interesse apondo uma bandeira ao lado do seu nome. O estatuto de cada candidato na lista de reserva é visível tanto pelas outras instituições como pelo candidato interessado. Cada candidato aprovado recebe através da sua conta EPSO uma explicação detalhada deste sistema.

Sistema de marcação para concursos públicos

Topo da página

Recrutamento

À medida que vão sendo publicados os postos livres, as instituições contactam os candidatos anteriormente assinalados com uma bandeira e convidam-nos a participarem numa entrevista. Consoante o resultado, podem fazer uma proposta oficial de trabalho. Por razões práticas, nesta altura pode solicitar-se que o candidato se submeta a um exame médico obrigatório antes da contratação. O candidato que não for aprovado na entrevista é novamente posto à disposição das outras instituições, ou seja, a bandeira é desactivada para indicar que está novamente disponível.

Topo da página

O que deve fazer

É fundamental que actualize regularmente o CV na sua conta EPSO. O instrumento utilizado pelas direcções de recursos humanos das instituições para consultar as listas de reserva baseiam-se nas categorias que o candidato escolheu nos campos Categoria profissional e Habilitações académicas. Além disso, pode ser útil apresentar-se pessoalmente às instituições ou aos serviços em que está interessado. Contudo, a decisão de apor uma bandeira e de convidar um candidato para uma entrevista diz unicamente respeito às instituições

Através da sua conta EPSO, o candidato pode verificar se foi pré reservado por alguma instituição. Nesse caso, não pode contactar outra instituição para se candidatar a um posto de trabalho ou para solicitar uma entrevista. Pode, além disso, verificar em qualquer momento o seu estatuto na lista de reserva clicando na ligação adequada na sua conta EPSO. Essa ligação é activada cerca de um mês após o final do concurso.

Topo da página

O que fazem as instituições

Os candidatos a quem foi aposta uma bandeira são fundamentalmente pré reservados por um breve período (no máximo de três meses) pela instituição que os identificou. No final desse período, se a instituição em questão não tiver formulado nenhuma proposta de recrutamento, o candidato aprovado é de novo posto à disposição de todas as instituições.

O sistema de pré reserva reflecte antes de tudo as necessidades de recrutamento das instituições. É por isso que as preferências manifestadas pelos candidatos relativamente ao trabalho nem sempre podem ser tidas em consideração. Todas as instituições necessitam de pessoal altamente qualificado em quantidades proporcionais às suas dimensões e às suas missões. Pode, portanto, acontecer que o candidato prefira trabalhar para uma determinada instituição, mas que seja finalmente escolhido por outra. O candidato tem todo o direito de recusar uma proposta que considere inadequada, mas não tem qualquer garantia de que lhe seja feita uma nova proposta.

Topo da página