You are here:

A história da União Europeia: 1960 - 1969

1960 | 1961 | 1962 | 1963 | 1964 | 1965 | 1966 | 1967 | 1968 | 1969

Os anos 60 – Um período de crescimento económico

A década de 60 é caracterizada pela emergência de uma “cultura jovem”, com grupos como The Beatles, que atraem multidões de jovens por onde quer que passem, contribuindo para lançar uma verdadeira revolução cultural e acentuando o fosso entre as gerações. Trata-se de um bom período para a economia, favorecida pelo facto de os países da União Europeia terem deixado de cobrar direitos aduaneiros sobre as trocas comerciais realizadas entre si. Além disso, decidem também implantar um controlo conjunto da produção alimentar, de forma a assegurar alimentos suficientes para todos. Muito rapidamente, começaram a registar-se excedentes de determinados produtos agrícolas. O mês de Maio de 68 tornou-se famoso pelas manifestações de estudantes em Paris, tendo muitas mudanças na sociedade e a nível dos comportamentos ficado para sempre associadas à denominada “geração de 68”.

Em Agosto de 1961, as autoridades comunistas da Alemanha Oriental constroem um muro em Berlim para impedir que a população fuja para Oeste em busca da liberdade. Alguns conseguem escapar, outros pagam com vida a tentativa de fugir.

30 de Julho de 1962

Lançamento da política agrícola comum (PAC), que confere aos Estados-Membros o controlo comum da produção alimentar. Os preços agrícolas são uniformizados na Comunidade. A CEE é auto-suficiente em termos alimentares e os agricultores dispõem de um rendimento adequado. Efeitos negativos da PAC: sobreprodução e montanhas de excedentes. A partir da década de 90, é dada prioridade à redução destes excedentes e à melhoria da qualidade.

Em 1963, a "Beatlemania" invade o mundo. Os Beatles, primeiro «supergrupo» pop, atraem multidões de jovens. Lançam uma verdadeira revolução cultural, acentuando ainda mais o "fosso entre gerações".

20 de Julho de 1963

A CEE assina o seu primeiro grande acordo internacional de assistência a 18 antigas colónias africanas. Estabeleceu desde então uma parceria especial com 78 países das regiões ACP (África, Caraíbas e Pacífico). A CEE lidera os esforços de ajuda ao desenvolvimento dos países mais desfavorecidos. O respeito dos direitos do Homem constitui a primeira condição para poder beneficiar desta ajuda.

Em França, as manifestações violentas dos estudantes e dos operários em Maio de 1968 abalam as fundações do próprio Estado. No resto da Europa, os estudantes manifestam-se mais calmamente contra os seus governos, que consideram afastados das realidades, ou contra a guerra do Vietname e a corrida aos armamentos nucleares.

1 de Julho de 1968

Supressão dos direitos aduaneiros entre os Seis, criando-se pela primeira vez condições para o comércio livre. São aplicados os mesmos direitos aduaneiros aos produtos importados dos outros países. Nasce assim o maior mercado do mundo. O comércio entre os Seis desenvolve-se rapidamente, da mesma forma que entre a Comunidade e o resto do mundo.

Os tanques soviéticos invadem Praga em Agosto de 1968 para esmagar a efémera "Primavera de Praga" da jovem democracia checoslovaca. Os checos e os eslovacos ficam impotentes face aos 600 000 homens que ocupam o país. Um estudante, Jan Palach, imola-se pelo fogo em sinal de protesto.

Em Julho de 1969, os americanos reafirmam a sua supremacia no espaço, enviando um homem à Lua.

1960 | 1961 | 1962 | 1963 | 1964 | 1965 | 1966 | 1967 | 1968 | 1969