1946 | 1947 | 1948 | 1949 | 1950 | 1951 | 1952 | 1953 | 1954 | 1955 | 1956 | 1957 | 1958 | 1959

1959

Janeiro

1

São dados os primeiros passos no sentido da eliminação progressiva das quotas e direitos aduaneiros na CEE.

7

Robert Schuman é reeleito Presidente da Assembleia Parlamentar.

Fevereiro

2

Etienne Hirsch é eleito Presidente da Comissão Euratom.

Março

3

O Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias adopta o seu regulamento processual.

20

O Banco Europeu de Investimento (BEI) concede os seus primeiros empréstimos.

Maio

5

O Conselho Europeu aceita a "proposta Dillon" dos EUA relativa às negociações multilaterais sobre comércio (enquadramento do Acordo Geral sobre Pautas Aduaneiras e Comércio). Estas negociações serão conduzidas pela Comissão, assistida por um Comité especial designado pelo Conselho.

Junho

8

Candidatura da Grécia à associação com a CEE.

22

Criação de três grupos de trabalho pelas administrações fiscais nacionais da CEE para analisar a possibilidade de harmonização da legislação em matéria de fiscalidade indirecta.

25-26

Realização da primeira reunião de peritos dos Estados-Membros relativa ao dumping. Procedeu-se à análise da regulamentação a criar para evitar o dumping intracomunitário.

Julho

20-21

Sete países da Organização Europeia de Cooperação Económica (OECE), a saber, Áustria, Dinamarca, Noruega, Portugal, Suécia, Suíça e Reino Unido, decidem criar uma Associação Europeia de Comércio Livre (EFTA).

31

Candidatura da Turquia à associação com a CEE.

Setembro

10

Início das negociações para a associação da Grécia à CEE.

11

Piero Malvestiti é eleito Presidente da Alta Autoridade CECA.

27

Início das negociações para a associação da Turquia à CEE.

Outubro

13

Pierre Wigny, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Bélgica, lança a ideia de reunir numa única instituição a Alta Autoridade CECA e as duas Comissões (CEE e Euratom) criadas pelo Tratado de Roma.

 Ver também